01

Postado em 24 de Setembro às

Lactose e Mudanças na Rotulagem!

Lactose e Mudanças na Rotulagem!

Hilê Terceirização de Chás, Cápsulas, Solúveis, Whey e Farinhas Lactose e Mudanças na Rotulagem! A lactose é o principal açúcar presente no leite de mamíferos. Quando alimentos contendo lactose são ingeridos,...

A lactose é o principal açúcar presente no leite de mamíferos. Quando alimentos contendo lactose são ingeridos, este açúcar é processado pela enzima lactase e transformada em glicose e galactose. Na maioria das pessoas, a atividade da enzima lactase diminui após o desmame e leva as pessoas a se tornarem menos tolerantes à lactose com o passar dos anos. A prevalência e a idade de manifestação da intolerância à lactose variam.

Os principais sintomas da intolerância são abdominais, como dor e distensão, flatulência, diarreia, náusea, vômitos ou constipação, como resultado da má digestão de lactose. A intolerância é diferente das alergias. Neste último caso as reações do organismo podem ser mais graves e o limite de ingestão não tem como ser definido.

Pensando nisso, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) tornou obrigatória a declaração da presença de lactose nos alimentos que contenham lactose em quantidade acima de 0,1%, os quais deverão trazer a expressão “CONTÉM LACTOSE” em seu rótulo. A medida também abrange bebidas, ingredientes, aditivos alimentares e qualquer outro coadjuvante para alimentos. 

O limite de 100 mg/g foi definido com base na experiência de outros países que já adotam esta regulação há bastante tempo, como Alemanha e Hungria. Esse limite tem se mostrado seguro para as pessoas com intolerância à lactose (RDC 136/2017).

Os fabricantes de alimentos poderão também empregar a expressão “baixo teor de lactose” nos casos em que a quantidade de lactose for reduzida para valores entre 100 mg e 1 g por 100 g ou mililitros do alimento pronto conforme instruções do fabricante. Para a categoria de alimentos para fins especiais – alimentos com restrição de lactose (RDC 135/2017). Com a instituição dessas regras, o mercado brasileiro de alimentos terá três tipos de rotulagem para a lactose: “zero lactose“ ou “baixo teor”, para os produtos cujo teor de lactose tenha sido reduzido e “contém lactose”, nos demais alimentos com presença desse açúcar. Os rótulos poderão ser adequados até 2019. Saiba mais no site da Anvisa, clique aqui.

Veja também

Escolha Terceirização de Cápsulas com a Hilê!24/09Escolha Terceirização de Cápsulas com a Hilê!  A terceirização de cápsulas com a Hilê é uma das estratégias mais bem aceitas e utilizadas por grandes empresas com visão empreendedora que mantém foco em uma atividade principal e delegam a outros ou “terceirizam” suas atividades não fins. Pensando em facilitar a vida das empresas que tem pretensão de expandir no mercado,......
Vitamina D: ações extraósseas e uso racional10/07/17 O número de exames laboratoriais solicitados vem subindo progressivamente em todo mundo. dentre eles, destaca-se a dosagem da vitamina D. O número dessas análises no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de......
Terceirização de maca peruana para sua marca!16/11/17 Atualmente, a terceirização de maca peruana para sua marca é um ótimo negócio. A maca peruana (Lepidium meyenii) é famosa por ser um tônico poderoso capaz de melhorar o desempenho generalizado do organismo. A......

Voltar para Notícias